Rede de Atenção Materno e Infantil

Rede de Atenção Materno e Infantil

A Atenção Primária à Saúde (APS) é vista atualmente como a estratégia mais efetiva para porta de entrada de usuários na rede e na universalização do acesso à saúde. Nesse sentido, a gestação encontra-se entre os primeiros motivos de consulta na APS, ou na Unidade Básica de Saúde (UBS).

Assim, a atenção ao pré-natal, ao puerpério e ao recém-nascido constitui-se em um conjunto de consultas e visitas programadas da mulher e sua família à equipe de saúde da APS, objetivando o acompanhamento e a obtenção de uma adequada preparação para o parto e nascimento.

A Unidade Básica de Saúde acolherá você desde o primeiro momento, quando estiver com suspeita de gravidez, através da realização de teste rápido. Após, você fará exames de triagem da gestante, controle de vacinas na gestação bem como o acompanhamento do pré-natal recebendo todos os encaminhamentos necessários.

Para consultar os requisitos, formas de acesso, documentação necessária bem como a Unidade Básica de Saúde responsável pela área na qual você reside, consulte: https://info.saude.df.gov.br/servicosdesaudeubs/ e https://info.saude.df.gov.br/buscasaudedfubs/ 

Na primeira consulta do pré-natal a gestante deve ser informada de sua vinculação ao hospital de referência e sobre seus direitos e deveres durante o ciclo de gestação, parto, nascimento e puerpério:

Deve ser ressaltada a importância da participação do parceiro/pai em todo o processo;

A vinculação da gestante ao seu hospital deve ser obrigatoriamente anotada na abertura de seu cartão de pré-natal, reforçada em todos os atendimentos no pré-natal e em cada palestra educativa deste período de assistência;

Deverá ser garantida pelo menos 01 (uma) Visita de Vinculação Obstétrica à maternidade de referência a toda gestante durante o acompanhamento pré-natal.

Define-se como Visita de Vinculação Obstétrica o momento educativo e de acolhimento, proporcionado pelo serviço obstétrico de referência, a fim de promover o conhecimento e a vinculação das gestantes e seus respectivos acompanhantes.

Durante a visita, a gestante receberá informações sobre seus direitos e deveres, sobre a assistência prestada durante o parto e nascimento naquela unidade, tais como: processo administrativo de admissão, cenários de parto normal e cesáreo, alojamento conjunto, garantia do direito ao acompanhante, bem como das rotinas obstétricas e neonatais.

No momento da alta hospitalar, após o parto, você e o seu filho novamente serão encaminhados para a equipe de saúde da UBS na qual os dois estejam vinculados

O hospital de referência para a realização do parto dependerá do período de gestação em que você se encontra no momento do início do trabalho de parto.

Caso você esteja em trabalho de parto, selecione o período de gestação em que você se encontra, conforme opções abaixo, para que você encontre no mapa a descrição de qual hospital fará o seu atendimento, de acordo com o local onde você mora:

  • De 24 semanas a 31 semanas e 6 dias de gestação;
  • De 32 semanas a 36 semanas e 6 dias de gestação;
  • 37 semanas ou mais de gestação

– Consulta em amamentação, inclusive via chamada de video, na tentativa de evitar a exposição de mãe e bebê durante a pandemia.

– Auxílio e acompanhamento de mães e bebês com dificuldades na amamentação.

– Captação, cadastro e acompanhamento de doadoras de leite humano.

– Roda de conversa sobre amamentação: durante a pandemia, quinzenalmente, via aplicativo de reuniões Google Meet.

 Requisitos:

  • Comparecimento espontâneo à Unidade.
  • Comunicação via aplicativo de mensagens.
  • Comparecimento à Unidade com marcação de retorno marcado pela equipe da Casa de Parto ou pela equipe do Posto de Coleta.
  • Comparecimento a partir de encaminhamento de unidades básicas de saúde.

 Documentos Necessários:

  • Documento de identificação válido.
  • Caderneta da criança.

Forma de prestação de serviço:

Para se cadastrar como doadora de leite humano, entrar em contato pelo número 99164-3334 ou comparecer no Posto de Coleta com a Caderneta da Gestante e a Caderneta da Criança.

Observação: A coleta do leite é orientada pela equipe e os bombeiros buscam no domicílio da doadora.